Como importar legalmente da China

Todo mundo sabe que a China é um país muito procurado quando o assunto é importação, afinal é possível encontrar uma grande variedade de produtos a um preço bastante acessível.

O fato é que para importar da china não é preciso ter uma grande quantidade de documentos, mas sim o dinheiro necessário para fazer o investimento nos produtos.

Para quem quer importar da China, saiba que o processo pode ser feito de forma legal, tanto como pessoa física quanto com um CNPJ. Então, vamos descobrir como importar da China a seguir:

Afinal, como importar?

A primeira coisa que você precisa saber é que há diferença entre importar para revender ou para consumo próprio.

Caso você queira importar para consumo próprio, o ideal é conhecer o site de uma empresa confiável e que faça envios ao Brasil e que tenha um bom rastreamento.

O site Banggood é um bom exemplo, bem como o Aliexpress e o Wish! Mais do que isso, algumas delas ainda oferecem frete grátis para o território brasileiro.

Um outro ponto essencial é observar que alguns certos produtos não possuem entrada permitida no país. Dentro os produtos que podem ser importados mais são mais facilmente taxados na alfandega, temos os eletrônicos.

É possível importar para revender?

Claro que é possível importar para revender, porém é preciso estar atento a alguns aspectos básicos e importantes desse processo, tal como conhecer fornecedores confiáveis.

Tendo isso em conta, é possível ter muitas vantagens com esse tipo de empreendimento.

O passo a passo desse processo é o seguinte:

  • Escolha os produtos que deseja
  • Escolha se vai fazer a compra de forma direta ou por meio de um intermediador
  • Compre sempre em sites que façam entrega de forma direta ao nosso país
  • Encontre no site os vendedores que tenham boas recomendações
  • Procure estabelecer uma relação de confiança com o vendedor que vai ser o seu fornecedor
  • Crie uma loja virtual para realizar a venda dos seus produtos.

Vale lembrar que cada produto pode apresentar taxas diferenciadas, além do ICMS que é definido por cada estado.

Além disso, é essencial lembrar que as encomendas levam um bom tempo para chegarem ao nosso país, além do tempo circulando aqui dentro mesmo.

O lapso temporal ocorre porque a China fica a uma distância bastante grande do Brasil e também por causa da nossa burocracia que é grande. Saiba mais sobre como importar produtos da China:

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *